segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Enjoy...


Tartes:

     Tarte de chocolate




Ingredientes:

- 250ml de leite, uma tablete de chocolate de culinária, uma colher de sopa de nutella, duas colheres de sopa de farinha maisena, uma colher de sobremesa de aroma de baunilha, massa folhada de compra redonda, três pacotes de natas Agros, um pacote de folhas de gelatina, meio pacote de bolachas “Maria” triturada, quatro colheres de sopa de açúcar de pasteleiro.
-Forma de tarte com fundo destacável, saco de pasteleiro, varinha mágica e picadora.

Composição da tarte:

- Num tacho colocar o leite, o chocolate e a nutella e levar a lume brando, quando o chocolate começar a derreter juntar a farinha maisena e a bolacha triturada e triturar com a varinha mágica, para o creme ficar sem grumos. Quando começar a engrossar retirar do lume e mexer.
- Sobre a forma da tarte dispor a massa folhada sem retirar o papel vegetal de compra, estender por forma a que fique com os rebordos uniformes e se necessário cortar o excesso.
Colocar o recheio e levar a 200ºC em forno previamente aquecido até a a massa começar a dourar. Retirar e deixar arrefecer.

Cobertura:

- Bater as natas com o aroma de baunilha. Num copo colocar as folhas de gelatina cortadas, com água até as cobrir, e levar ao microondas até dissolver. Juntar o açúcar de pasteleiro ás natas e de forma faseada ir juntando a gelatina que deve ainda estar quente. Este passo tem de ser feito rápido e colocando a gelatina gradualmente senão fica com grumos. Levar ao frigorífico durante 1 hora.


Finalização:

- Desenformar a tarte e retirar o papel vegetal o mais delicadamente possível. Colocar no prato ou travessa onde se pretende servir. Colocar o creme de chantilli no saco de pasteleiro com o bico que se pretender e decorar o cimo da tarte. Colocar bolachas ou frutas por cima, a gosto.

Rocambole/Torta:


Rocambole com recheio de brigadeiro


Massa para decoração:

- 1 gema de ovo, 30g de açúcar, 40g de farinha com fermento, 30g de manteiga derretida, corante alimentar de várias cores. Tabuleiro, stencil e papel vegetal.
- Misturar os ingredientes todos, se for necessária mais do que uma cor deve-se repartir a massa por vários recipientes e depois juntar o corante alimentar. Colocar a massa num saco de pasteleiro com o bico mais fino e numa forma de torta ou tabuleiro desenhar por cima de uma folha de papel vegetal que forra a forma, conforme o stencil colocado por baixo e levar ao congelador. Não esquecer de tirar o stencil senão arde no forno.

Recheio de brigadeiro:

- duas canecas de leite meio gordo, uma lata de leite condensado, quatro colheres de sopa de chocolate em pó, 3 colheres de sopa de maizena.
-Misturar os engredientes todos num tacho e elvar ao lume até engrossar. Retirar e colocar em cima de uma pedra mármore e continuar a mexer para não agarrar. Tapar com pelicula e reservar para rechear a torta.

Massa da torta:

- 4 ovos, 120 g de açúcar, 120g de farinha com fermento, 50 g de farinha maizena e duas colheres de sopa de leite meio gordo (só se for necessário)
- numa taça bater as claras em castelo, noutra juntar as gemas, o açúcar, as farinhas, e caso a massa esteja espessa demais juntar o leite. Mexer e juntar as claras.

Finalização:

- Retirar o tabuleiro do congelador e colocar a massa o mais rápido possível. Levar a forno pré aquecido a 180ºC, durante 7 a 10 minutos. Não deixar cozer demasiado. Virar a torta para cima de um papel vegetal com o desenho para baixo. Rechear com o creme de brigadeiro e enrrolar com a ajuda do papel vegetal, o mais delicadamente possível, ele sai fácil e mantém a torta consistente sem se partir.




Empratar e comer...  ;)


Stencil:


Porque há momentos em que queremos curtir o sofrimento... Ponderar onde erramos.... Onde o caminho se perdeu e fomos por um atalho sem saída. ...  O que senti foi amor.... Um amor tão grande que dava para dois.... Mas tudo acaba... Desaparecem as ilusões como um nevoeiro que se levanta devagarinho pela manhã. ... E se transforma numa gota de água percorrendo a face.... Chorei.... Lamentei... Mas percebi que cada coisa tem o seu tempo. ... Isolei-me... Magoei quem me era próximo,  cortei amarras...
 E renasci.... Como se um fogo tivesse destruído toda a minha vida para que tudo floresce-se com um esplendor imenso.... E vejo tudo de uma forma tão diferente... Se voltava atrás?  Todos ponderamos voltar.... Porque o ser humano quer estabilidade... mas prefiro a instabilidade do meu
sorriso que agora se tornou sincero.... E grito ao mundo que estou feliz sim!!!! Sou eu de novo... O que me fazia chorar perdeu-se no tempo... Nem lembro mais as razões.... Apenas lembro o dia de hoje em que acordei sorrindo.... Em que abraço as estrelas com um olhar e deixo a imensidão de tudo o que é belo tomar conta....

domingo, 18 de setembro de 2016

Impossíveis...

_xana_marques_    Instagram

A noite... trás há memória todas as inseguranças, todos os receios, todas as dúvidas.... Mas a noite é também um tempo de reflexão... De mudança... Quem se atreve a dizer que como a Alice no país das maravilhas não "podemos fazer pelo menos sete coisas impossíveis antes do pequeno almoço"... Posso sentir que sou quase absorvida por pensamentos que repetitiva-mente me deixam triste... melancólica... Mas é neste estado de dormência que encontro forças para resistir, que analiso todos os dados e planeio formas de escapar... Escapar a prisões de palavras e sentimentos... Respirar livremente e gritar bem alto que sou e serei feliz... forçar um sorriso que após cinco minutos me anestesia e me leva a um estado de paz e tranquilidade... Porque parar de sorrir e sonhar é morrer... E eu quero viver... quero ser feliz... sempre... Não vou fugir ás dores que guardei sem querer pois são elas que me fazem sentir viva... São elas que me fazem orgulhosa de ter escapado dessa prisão que me mantinha cativa de mim mesma... "Vou na fé" ... Não quero e não vou fugir... Vou fazer sete coisas impossíveis e já volto ...