sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Esperas...


Espero... Porque a vida é feita de esperas. Vou recolhendo estrelas, armazenando sonhos, colhendo sorrisos, descobrindo mistérios. Mas uma parte de mim espera... espera que  o sol apareça, espera que tu sorrias, espera que alguém ligue, espera... e... espera...
Escondo-me enquanto espero,  espero que me raptem, espero perder o tempo e a razão, porque cada um de nós tem o seu tempo... espero por ti se tu esperares por mim.
São as esperas que nos deixam cruzar uns com os outros, que marcam o destino e estabelecem o  ritmo da vida.
Apresso-me para chegar ao trabalho, para ir buscar a vida à escola, para tomar banho e vestir o pijama, mas espero, todos os dias, um sorriso, um abraço, o amor...
E... espero.... e espero... Apanho estrelas e deixo-as ir... mas um dia destes... apanho uma e deixo de esperar... Porque os sonhos não se devem guardar para sempre... Tem uma hora em que devem começar a brilhar...
Queres apanhar estrelas comigo?